Páginas

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Viagem de avião: Manual de sobrevivência para os pais

Viajar com os pequenos de avião pode ser uma verdadeira maratona. Por isso, confira dicas infalíveis que a KIDS in preparou para que a viagem “por ar” em família seja mais tranquila e pura diversão.

- Mochilas leves – leve o essencial. Muitas coisas significam muito peso e cansaço a mais. Porém, espere o inesperado. Preste atenção às necessidades básicas – fraldas, lanche, lenços umidecidos (que servem para quase tudo!)

- Cadeirinhas de carro não contam como bagagens, mas lembre-se de embalá-las no aeroporto. Já o carrinho pode ser despachado na entrada do avião, assim, considere levá-lo: é muito prático, as crianças cansam rápido e ainda ajudam a carregar pacotes, bolsas, etc.

- Até dois anos, meninos e meninas não precisam de um assento individual e podem ir no colo. Mas, para voos de mais de duas horas e com crianças que já andam, vale a pena comprar um assento.

- Não esqueça de checar se os seus documentos de identificação e os da criança estão na bolsa. Você vai precisar apresentá-los para o check in.

- Especialmente em voos internacionais, a inspeção de segurança pode ser demorada. Remédios prescritos, fórmulas (leite), leite materno, alimentos infantis e sucos são aceitos em quantidades razoáveis e fora do Zip-Loc. Crianças e bebês também têm que tirar os sapatos no detector de metais, então, prefira os práticos e rápidos como os com fecho de velcro ou as confortáveis Crocs.

- SEJA FLEXÍVEL! Filas, atrasos, caminhadas e trânsito deixam crianças (e adultos) mal-humorados, então, tenha paciência.