Páginas

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Mais dicas para se viajar de avião com os filhos

Nós já publicamos dicas de como viajar com os filhos sem enlouquecer. Mas a surpresa, é que nós ainda temos mais cartas na manga. Quem nunca ouviu uma história de um conhecido que pegou um voo no qual uma criança chorava sem parar? Ou que aprontava o tempo todo e às vezes até soltava uns berros? Pois é, viajar de avião com os pequenos nem sempre é um céu de brigadeiro! Verdade seja dita, ficar trancado em um lugar apertado, com ar seco, pressurizado e frio durante horas a fio é difícil para a galerinha. Quer saber? Leia até o final como não enlouquecer quando tiver que viajar de avião com os filhos!

- Converse com o pediatra e abasteça a farmacinha de viagem do seu filho. Separe-os na bagagem de mão.

- A chave do sucesso para distrair os tampinhas é uma “malinha da brincadeira”. Eles têm algum brinquedo de que gostam muito? Já pra malinha! Um ursinho de pelúcia, boneco ou cobertor do qual não desgrudam? Malinha! Empacote também cadernos de atividades, giz de cera, livros e baralhos. Evite os brinquedos barulhentos, pesados ou com muitas peças.

- A tecnologia é uma grande aliada nessa hora. Você tem um DVD portátil, tablet ou iPod? Sim?! Pois então o abasteça com programas e joguinhos infantis. Filmes, desenhos animados, aplicativos, aquele CD que já toca sozinho... Há muitas opções!

- Crianças sujam a si próprias e os outros com uma facilidade inacreditável. Leve uma muda de roupa para ela e para você. Vai que sobra para o papai e para a mamãe pedaços de comida, catarro, vômito e afins?

- Não se esqueça dos lanchinhos! Por melhor que sejam as refeições a bordo, a fome não perdoa. Lance mão de biscoitos, chocolates, sucos, papinhas e mamadeiras (lembrando que nada acima de 100ml é permitido na bagagem de mão em voos internacionais. Se você levar garrafinhas e sucos acima dessa medida, vão fazer você jogar fora na hora da revista antes do embarque). Se possível, encomende a refeição infantil à empresa aérea.

- Faça do sono seu aliado e prefira os voos noturnos. Há companhias que oferecem bercinhos para os passageiros mirins. Verifique e, se for o caso, solicite um na hora da compra dos bilhetes.

- Prepare um kit higiene com álcool gel, forros descartáveis para assento sanitário, fraldas, lenços umedecidos, lenços de papel e outros itens que forem necessários.

- Na hora da decolagem e da aterrissagem, a descompressão pode incomodar os pimpolhos. Amamente os bebês e ofereça chicletes aos mais velhos. Os movimentos da mandíbula ajudarão a suportar o desconforto. Se seu filho não mascar chiclete, explique o que vai acontecer e ensine-o pequenas técnicas para “destampar o ouvido”.