Páginas

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Nana neném

“O cravo brigou com a rosa; debaixo de uma sacada; o cravo saiu ferido; e a rosa despedaçada". Atire o primeiro pau no gato (que maldade com o bichinho!) quem nunca ouviu a voz de um pai ou mãe cantando, bem baixinho, músicas para ninar uma criança que custava a dormir. Criticadas por uns, que consideram as letras tristes e violentas para serem entoadas aos pequenos; adoradas por outros, que afirmam que as canções são de grande ajuda para fazer adormecer os mais afoitos, o fato é que as cantigas existem há muito tempo e embalam crianças de todos os lugares do mundo.
A maioria das cantigas de ninar que conhecemos no Brasil veio de Portugal e, com a chegada do escravo africano, as canções passaram a ter influência dessa cultura. Os indígenas também tiveram sua cota na criação das cantigas brasileiras que, aos poucos, se adaptaram aos costumes de cada região.
Também chamadas de acalanto, as canções de ninar (dizem estudiosos) não passavam de simples melodia rudimentar, uma espécie de “rum rum” gutural, cantada pelas mães, bem baixinho, às crianças sem sono, para não acordar o pai cansado do trabalho. Como as coisas mudam! Hoje, os homens também cantam essas melodias simples para os filhos, de letras repetidas (propositalmente), que acabam vencendo os pequenos pela monotonia.
As cantigas de ninar servem para relaxar e preparar as crianças para um sono bem tranquilo, além de proporcionarem um momento íntimo e aconchegante entre pais e filhos. Então, pais, experimentem soltar a voz para os pequenos. O sono deles agradece.

Conheça artistas que ninam com suas canções:

Palavra Cantada
Criado pelos músicos Sandra Peres e Paulo Tatit, o grupo lançou o álbum “Canções de Ninar” em 1994 e revolucionou o gênero com músicas inéditas.
Onde encontrar: www.palavracantada.com.br

Tomaz Lima
O CD “Canções para Ninar” possui 17 músicas folclóricas brasileiras, acalantos e cantigas de roda.
Onde encontrar: www.lotusdosaber.com

Natalie Merchant
Ao se tornar mãe de uma garotinha, a cantora americana selecionou poemas ingleses dos séculos XIX e XX sobre feiticeiras, gigantes, marinheiros, ciganos e princesas, que deram origem ao CD “Leave Your Sleep”.
Onde encontrar: www.livrariacultura.com.br