Páginas

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Olimpíadas no papel

As Olimpíadas são o tema do “II Concurso Literário Infantil Espantaxim e o Castelinho Mágico”, idealizado pela escritora Dulce Auriemo. A iniciativa tem como objetivo incentivar a escrita e a leitura das crianças, que deverão desenvolver um texto criativo sobre o assunto. O concurso também faz parte das comemorações dos dez anos do Projeto Espantaxim, criado por Dulce:

- Escolhemos o tema “Olimpíadas” para, além de despertar o interesse pela literatura e o reconhecimento pelo valor do texto escrito, estimular o gosto das crianças por esportes, alertar sobre a importância de praticar atividades físicas e exercitar o patriotismo -, explica a idealizadora.

Para participar, o pequeno escritor deverá imaginar-se um atleta nas Olimpíadas, que irá lutar por uma medalha para o Brasil. Com isso, deverá escrever uma mensagem de até cinco linhas ou uma redação de, no máximo, 30 linhas sobre o tema. O concurso é voltado para crianças dos sete aos 12 anos, de escolas públicas e privadas de todo o país. Os textos podem ser enviados até o dia 18 de agosto por e-mail ou pelo correio.

De todo o material recebido, 80 trabalhos serão escolhidos para fazer parte da “II Antologia Espantaxim e o Castelinho Mágico” e todas as crianças terão a oportunidade de ver seus trabalhos literários publicados em um livro. Dos alunos selecionados, seis receberão o Troféu Espantaxim 2012, um divertido boneco do Espantaxim e a coleção de obras do projeto. Além da premiação para os vencedores, as três escolas que tiverem mais alunos selecionados, também receberão o troféu.

Saiba mais sobre o “II Concurso Literário Infantil Espantaxim e o Castelinho Mágico” acessando: www.espantaxim.com.br/news/index_concurso2.html

O Projeto Espantaxim

Com muitas canções, poesia e histórias, o objetivo do trabalho é despertar nas crianças o interesse pela música, literatura e artes visuais, assim como pela preservação da natureza e do meio ambiente.

E esse interesse também é instigado nas crianças por meio de 18 personagens da “Turminha do Espantaxim”, que fazem parte do mundo imaginário do Castelinho Mágico. Por serem mensageiros do “bem”, os personagens são porta-vozes da cultura da paz, valorizam a ética, os bons costumes, a ecologia e a preservação do meio ambiente.