Páginas

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Poesia para criança


“Enquanto a andorinha
na tarde, sozinha
viaja tristinha,
de flor em flor
voa o beija-flor
num mini ventilador”

Esse poema foi feito para gente pequena e se chama Voo triste e voo alegre, do livro "O menino camelô", do escritor Cyro de Mattos. Quer conhecer mais obras cheias de poesias para contar e cantar às crianças? Então, dá só uma olhada nas sugestões de livros que separamos para você!

“Amigos do peito” (com CD)
Poemas inspirados na rotina de uma criança, desde a hora de acordar até a de dormir. A casa, o sono pesado de manhã, a escola, a vizinhança, os amigos, a hora do almoço, o irmão menor, o cão, o gato, o médico, a tia, a casa da avó, a hora do banho e a hora de ir para a cama "desfilam" diante do leitor uma linguagem ora bem-humorada, ora carregada de poesia e ternura. Autor: Cláudio Thebas. Ilustração: Eva Furnari. Editora Formato.

“O cão azul e outros poemas”
Os poemas deste livro são um convite à brincadeira com as palavras, ao sabor e ao prazer que a poesia pode proporcionar. Todos são repletos de metáforas e discussões metalinguísticas que podem levar as crianças a refletir sobre o significado das palavras na língua portuguesa. Autora: Gláucia Lemos. Ilustrações: Silvana Menezes. Editora Formato.

“Um chapéu sem pé nem cabeça e outras dobraduras”
Os poemas da obra apresentam narrativas em que o papel se transforma ao ser dobrado em várias formas, como dinheiro, guardanapo, jornal e carta. Quem já viu uma nota de dinheiro que, dobrada na forma de um gatinho, salta para o chapéu de um mendigo? Ou um chapéu mágico feito com uma folha de jornal? Quem quiser conhecer esses e outros segredos das dobraduras sem pé nem cabeça, é só abrir o livro e virar as suas páginas... De papel. Autor: Tiago Barreto. Ilustrações: Marta Neves. Editora Formato.

“O menino camelô”
O livro conta situações do cotidiano infantil, em poemas que brincam com rimas e sons, ritmos e imagens. Autor: Cyro de Mattos. Editora Saraiva.

“Chorinho de riacho e outros poemas para cantar”
Coletânea de poemas que se adaptam a várias melodias populares, como "Teresinha de Jesus" e "O Cravo Brigou com a Rosa", explorando a sonoridade das palavras, trabalhando seus diversos significados, as rimas e as diversas possibilidades de se cantar um mesmo poema. São poemas simples que falam de saudade, brincadeiras, tristeza, alegria e ternura. Autora: Neusa Sorrenti. Ilustrações: Denise Rochael. Editora Formato.

Fonte: Editora Saraiva