Páginas

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Para o filhote comer bem


“Não gosto”. Muitos pais ouvem com frequência essa frase assim que a família senta-se à mesa para as refeições e, por conta da dificuldade em introduzir alguns alimentos na alimentação dos filhotes, acabam se rendendo e montando um cardápio inadequado às crianças. Então, que tal aprender a preparar pratos fáceis e deliciosos com uma diversidade de ingredientes saudáveis?

O livro “O que fazer para meu filho comer bem?”, das autoras Mayra Abbondanza Abuchan, Patrícia Abbondanza Turquetto e Rafaela Norbert, traz dicas e receitas para os pais iniciantes ou que já são experts na cozinha, mas que querem dar uma, digamos, incrementada nos preparos. Tudo para ajudar os filhos a traçarem um caminho de hábitos alimentares saudáveis.

A ideia partiu das chefs e criadoras da empresa Dedo de Moça, Mayra e Patrícia Abbondanza, após sentirem dificuldade em achar bons livros de receitas para preparar as refeições dos filhos: os que existiam eram comumente escritos em língua estrangeira ou traduzidos, e, ainda, com sugestões de ingredientes inexistentes no país, o que inviabilizava grande parte dos preparos. Partindo da necessidade e da experiência na cozinha, as chefs decidiram criar a publicação para orientar pais e mães a alimentar bem os filhos de forma condizente com a realidade dos ingredientes brasileiros e ainda fáceis de serem preparados.

Recheado de fotografias, o livro traz diversas sugestões de apresentações de pratos atrativos aos pequenos. Além das receitas testadas e aprovadas pelas crianças, a publicação tem um approach de mãe para mãe, com dicas e vivências das autoras com os filhos, adaptados à cultura brasileira. Entre os tópicos abordados estão: alimentos desaconselhados; primeiros alimentos; papinhas feitas em casa; cardápio semanal elaborado para bebês e crianças; como envolver os filhos na preparação dos pratos, etc. Outra vantagem da publicação para os pais é que ela apresenta as receitas de forma bastante didática, especificando em cada uma o rendimento, tempo de preparo, nível de dificuldade e ainda uma dica a mais, como sugestão de outra forma de fazer a comida, acompanhamento ideal e substituições de ingredientes. 

Confira uma das receitas do livro

Papinha de mandioca com cenoura

Ingredientes
1 colher (café) de óleo de canola (ou azeite de oliva)
1/4 de cebola em cubos
150 g de músculo em cubos
100 g de mandioca, lavada e descascada, em cubos
100 g de chuchu, lavado e descascado, em cubos
100 g de cenoura, lavada e descascada, em cubos
2 talos de salsinha com suas folhas, lavados

Modo de fazer
Aqueça uma panela e coloque o óleo de canola. Acrescente a cebola e o músculo e refogue até dourar. 
Adicione os demais ingredientes e cubra com 2 xícaras de água. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até que tudo esteja macio. Retire a carne e passe a papinha pela peneira.

Dica: Se usar o liquidificador em vez da peneira, você terá duas opções: retirar a carne
e bater os legumes ou bater a carne junto com os legumes. Experimente e veja qual das versões seu bebê preferirá. Esta é uma das receitas prediletas do Francisco, filho
da Mayra. Ele prefere a papinha batida no liquidificador junto com a carne. Rende 500 g e o tempo de preparo é de 15 minutos.