Páginas

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Etiqueta na festa infantil

Logo depois que o filhote nasce, surge um novo compromisso social para os pais e, claro, para a criança: as festas infantis, um ambiente com regras próprias, tanto para os convidados, quanto para os pais do pequeno aniversariante. E, para não fazer feio nesse tipo de evento, convidamos a consultora de etiqueta Janaina Depiné para nos dar um help. Dá só uma espiadinha.

Para convidados

• Confirme a presença – Se no convite vier um pedido para confirmação de presença, não deixe de ligar ou mandar um e-mail. Isso é fundamental para a organização o buffet, pois os anfitriões pagam pela quantidade confirmada de pessoas.
• Moderação na bebida - Festa infantil não precisa ter bebida alcoolica, mas em alguns casos tem. Contenha-se para evitar comportamentos indesejados.
• Sem gorjeta – Nos serviços de buffet não é obrigatório dar gorjeta aos garçons. Já se a festa for em casa, como os profissionais são contratados à parte, é sempre bom garantir um extra para eles.
• Brincadeira de criança - Se o seu filho é muito pequeno, tudo bem acompanhá-lo nos brinquedos. Passou dos três anos é hora de deixá-lo se divertir com os amigos. Piscina de bolinha e pula-pula não são para os adultos.
• Entre no clima – Se distribuírem chapéus e enfeites para os adultos, não se acanhe. Aproveite para se divertir!
• De olho na vela – Se o seu filho tem compulsão por apagar velinhas de bolo, segure-o na hora do parabéns. Nada pior do que uma criança estragar o grande momento do aniversariante.
• Um, dois, três. Um docinho de cada vez – Encher a mão de doces logo depois dos parabéns é horrível. Controle o seu desejo e espere servirem na mesa.
• Presente é bom e todos gostam – Sempre leve um presente. Algo de qualidade, afinal de contas é uma injustiça os pais organizarem uma festa para o filho ganhar brinquedo de R$1,99. Porém, também não precisa exagerar no custo do brinquedo. Algo entre R$ 50 a R$100 será um ótimo presente. Detalhe: Mesmo que o seu filho não compareça a festa, mande o presente na semana posterior como agradecimento pelo convite.
• Respeite o horário – Festa de criança tem horário para começar e acabar. Por isso, quando faltar 15 minutos para o final da festa já esteja a postos para ir embora ou buscar seu filhote.

Para pais do aniversariante

• Quem convidar – Em festas de crianças de até três anos é bom convidar os pais. Coloque no convite “fulano e família”. Já crianças acima de quatro anos coloque somente o nome da criança convidada, porém prepare-se para receber a família.
• Peça confirmação – Não deixe de colocar um telefone e um e-mail para que as pessoas confirmem a presença. Apesar de a maioria não ligar, já ajuda a ter uma noção de quantas pessoas irão de fato.
• Defina horário – Festa infantil pode e deve ter horário para começar e acabar. Use a pontualidade britânica! Quando faltar meia hora para o fim da festa o parabéns já deve ter sido cantado. Quinze minutos antes do encerramento pode diminuir o serviço dos garçons. Isso ajuda lembrar aos convidados que é “hora de dar tchau”.
• Orçamento apertado – Se a verba para você investir na festa não é tão grande, faça a comemoração em dia de semana. Geralmente, nesses dias, acaba indo só um adulto acompanhando a criança, o que diminui o número de pessoas e, consequentemente, os gastos.
• Saiba receber bem – Primeiro, seja pontual. Você deve estar na sua festa, no mínimo 30 minutos antes dela começar. Caso ocorra algum imprevisto peça para alguém da família representá-lo. Na chegada as crianças não tem dificuldade nenhuma, mas se estiverem sozinhas você pode mostrar onde estão os colegas ou apresentar os brinquedos. Já os adultos exigirão muita atenção. Logo que o convidado entrar tente colocá-lo em uma mesa com pessoas que ele terá algo em comum e apresente-os. Depois não se esqueça de passar em cada mesa e dar um pouquinho de atenção para todos.
• Doce na mesa – Deixe apenas alguns docinhos para enfeitar a mesa do bolo. A maior parte deve ser servida pelos garçons em pratinhos nas mesas. Acredite, há uma porção de crianças e adultos que se descontrolam por um brigadeiro. Já vi gente bem crescida enchendo copo descartável de docinho.
• Lembre-se dos animadores – Eles fazem toda a diferença em uma festa. Podem ser palhaços, mágicos ou recreadores, não importa. Eles sempre garantem ótimos momentos para os pequenos.
• Prepare-se para os extras – Os buffets já trabalham com uma reserva, por isso se der uma festa em casa faça o mesmo. Tenha tudo em quantidade para 30% a mais. Se sobrar você congela os salgados e devolve a bebida (geralmente adquirida em consignação).

Fonte: Janaina Depiné – www.elegantesempre.com.br