Páginas

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Software auxilia pais na educação digital das crianças

 O livre acesso das crianças à internet  tem preocupado os pais. É muito importante usar o bom senso na hora de decidir sobre a educação digital da garotada. Um bom diálogo entre pais e filhos é indispensável. Mas por que não usufruir também de aplicativos de segurança?

Um software lançado este ano, o Kidux, é um desses aplicativos e ofecere tranquilidade aos pais em relação ao que os filhos acessam na rede, passando longe da quantidade infindável de sites inadequados que estão ao alcance das crianças. A ferramenta permite supervisionar, mesmo de longe, a atividade dos filhos na internet: sites visitados, downloads e bate-papos no MSN, além de possibilitar o bloqueio de conteúdo impróprio e até restringir os horários de uso.

Cristiane Soares, que é mãe de um menino de 7 anos, utiliza há quase um ano o Kidux e acredita que um programa como esse é de extrema importância para os pais. “Antes de conhecer o Kidux, eu já vinha buscando alternativas para a segurança da navegação do meu filho. Mas, com o software, tive acesso a recursos que nunca tinha imaginado, como a possibilidade de ver o histórico dele de qualquer computador, o bloqueio automático do conteúdo impróprio e a visualização da tela em tempo real”, avalia.

Para a pedagoga Maria Cristina Montingelli, não existe uma idade indicada para as crianças acessarem a internet. “A partir do momento que elas estão alfabetizadas é sempre mais seguro, pois possuem maior compreensão dos conteúdos e dos sites acessados. Até os nove ou dez anos é interessante que um adulto acompanhe o que a criança está vendo, mas isso também depende muito da maturidade de cada uma delas. De uma forma geral, ter adultos por perto, acompanhando os conteúdos acessados, é sempre adequado”, finaliza.

O Kidux pode ser adquirido em www.kidux.com.br.