Páginas

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Mamadeiras mais seguras sem Bisfenol

Papais e mamães, boas notícias: a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu recentemente a presença da substância Bisfenol A (BPA) em mamadeiras importadas ou fabricadas em território nacional. O Bisfenol A é um composto utilizado para deixar o plástico de objetos e utensílios domésticos mais maleáveis, porém resistentes, mas que pode trazer consequências graves para a saúde infantil, como alterações no funcionamento da glândula tireóide, no crescimento do cérebro e no desenvolvimento cognitivo e comportamental. Sem falar que pode causar, ainda, puberdade precoce ou tardia, obesidade, complicações cardíacas, diabetes, câncer e anormalidades no fígado, entre outros problemas.

Assustador, não? Por enquanto, apenas as mamadeiras estarão livres desta substância, embora o policarbonato e as resinas epóxi, materiais que compõem muitos objetos utilizados pelas famílias no dia a dia, também contenham o Bisfenol A.

Porém, ainda é necessário prestar atenção na hora de comprar mamadeiras. Fabricantes e importadores têm 90 dias para se adequar à determinação. Além disso, as mamadeiras fabricadas ou importadas dentro desse mesmo prazo poderão ser vendidas até 31 de dezembro deste ano. Ou seja, ainda é necessário ter olho vivo na hora das compras! Portanto, aqui vão algumas orientações básicas para evitar produtos que sejam formulados com a substância:

- Se for necessário adquirir objetos de plástico, dê preferência aos que tenham o selo “livre de DPA”. Caso o item não tenha esse selo, verifique se a lista de componentes tem o símbolo PC ou a substância policarbonato. Outra medida preventiva é evitar produtos que tenham o número 7, indicação da presença do Bisfenol A, junto ao símbolo da reciclagem.

- É possível utilizar embalagens de vidro ou cerâmica para armazenar alimentos e bebidas? Pois então as use ao invés de apelar para o plástico.

- Se o alimento está armazenado em uma embalagem plástica que pode conter Bisfenol A, não o aqueça no microondas nem congele, pois as mudanças de temperatura fazem com que a substância se desprenda.

- Opte por filtros de alumínio e barro para substituir os galões de água mineral.

- Fuja dos alimentos enlatados, uma vez que o Bisfenol A também é usado para evitar ferrugem em embalagens metalizadas.

Sura Nualpradid